Måned: august 2006

São coisas assim que me mantêm forte

São coisas assim que me mantêm forte


Olá!

Bem, após pensarmos muito e pesarmos os prós e os contras, eu e meu amor resolvemos que eu devo mesmo esperar a bendita permissão aqui no Brasil, em vez de arriscar ir pra Noruega como turista. Doeu muito, mas eu vou levando aqui. Já me matriculei num curso e quem sabe assim eu me distraio um pouquinho. Domingo recebi um lindo ‘mimo’ que ele escreveu pra mim:

FOOTPRINTS

Very soon
worries, sadness and pain will run away.
A bright new day will come our way
filled with joy and childish expectations
of what tomorrow brings.
Dark clouds
replaced by sunny mornings, laughter and hope.
You know what,
my love,
all these heavy footsteps of grievous miss
we patiently forced ourselves to walk.
They are what will make us able to view our footprints
knowing they are
what made us appreciate our new life so much.

Com palavras assim, não tem como eu não recuperar meu ânimo. Jeg elsker deg så mye!

Poesia – Pablo Neruda – Soneto de Amor XVII

Poesia – Pablo Neruda – Soneto de Amor XVII

Rating: ★★★★★
Category: Other

Soneto XVII – Em espanhol

No te amo como si fueras rosa de sal,topacio
o flecha de claveles que propagan el fuego:
te amo como se aman ciertas cosas oscuras,
secretamente, entre la sombra y el alma.

Te amo como la planta que no florece y lleva
dentro de sí, escondida, la luz de aquellas flores,
y gracias a tu amor vive oscuro en mi cuerpo
el apretado aroma que ascendió de la tierra.

Te amo sin saber cómo, ni cuándo, ni de dónde,
te amo directamente sin problemas ni orgullo:
así te amo porque no sé amar de otra manera, .

sino así de este modo en que no soy ni eres,
tan cerca que tu mano sobre mi pecho es mía,
tan cerca que se cierran tus ojos con mi sueño.

SONETO XVII – Em inglês

I do not love you as if you were salt-rose, or topaz,
or the arrow of carnations the fire shoots off.
I love you as certain dark things are to be loved,
in secret, between the shadow and the soul.

I love you as the plant that never blooms
but carries in itself the light of hidden flowers;
thanks to your love a certain solid fragrance,
risen from the earth, lives darkly in my body.

I love you without knowing how, or when, or from where.
I love you straightforwardly, without complexities or pride;
so I love you because I know no other way

that this: where I does not exist, nor you,
so close that your hand on my chest is my hand,
so close that your eyes close as I fall asleep.

Em português

Soneto XVII

Não te amo como se fosses rosa de sal, topázio
ou flecha de cravos que propagam o fogo:
te amo como se amam certas coisas obscuras,
secretamente, entre a sombra e a alma.

Te amo como a planta que não floresce e leva
dentro de si, oculta, a luz daquelas flores,
e graças a teu amor vive escuro em meu corpo
o apertado aroma que ascendeu da terra.

Te amo sem saber como, nem quando, nem onde,
te amo diretamente sem problemas nem orgulho:
assim te amo porque não sei amar de outra maneira,

senão assim deste modo em que não sou nem és
tão perto que tua mão sobre meu peito é minha
tão perto que se fecham teus olhos com meu sonho.

&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*&*
Desde que este poema que foi lido pelo personagem de Robin Williams no filme «Patch Adams», eu nunca mais o esqueci. O trecho: «so close that your hand on my chest is my hand, so close that your eyes close as I fall asleep» é uma das coisas mais lindas que eu já li em toda minha vida.

Emocionante!

Emocionante!


Olá!

Ontem, fiz um dos mais inesquecíveis passeios da minha vida. Eu e duas alunas minhas fomos à exposição Deuses Gregos, do acervo do museu Pergamon de Berlim, que se realiza no museu da Faap aqui em São Paulo, gratuitamente. Sempre vi fotografias das estátuas gregas nos meus livros de história e ao contemplar obras tão perfeitas – fiquei impressionada com os dedinhos das mãos das deusas Afrodite e Ártemis – vem a emoção de saber que isto tudo foi feito há milhares de anos, antes de Cristo e eu vi tudo de perto. Não dá para descrever. Há também jarros, objetos de uso diário, jóias e o mais imponente, fragmentos do altar de Pergamon. Vale a pena visitar.

Foto: O Estado de São Paulo/divulgação

Finalmente uma resposta positiva!

Finalmente uma resposta positiva!


Olá!

Hoje estou muito feliz por que parece que minha espera terá um fim – ou pelo menos uma trégua. Morten ligou para a UDI novamente e disseram que meu processo já está na divisão de assuntos familiares. Isto aparentemente significa que a qualquer momento receberei a tão desejada etiqueta no meu passaporte. Ele vai ligar para eles a cada duas semanas, para ter certeza de que o caso está progredindo.

Agora, a melhor notícia é que o funcionário da UDI disse que nada me impede de viajar para a Noruega como turista enquanto espero meu visto!  Quando entreguei meus documentos aqui no consulado de Sampa, me disseram que eu não poderia viajar em hipótese alguma. Mas, na verdade, a UDI não proíbe, mas também não recomenda tal procedimento, por que eu terei que voltar ao Brasil de qualquer maneira para pegar minha etiqueta. Agora vem o dilema: agüentar mais um pouco e esperar pela permissão definitiva ou ir até lá, ficar 3 meses e voltar ao Brasil para depois ir novamente? Os pais dele me convidaram para ir, como eles são gentis! Eu também estava pensando em fazer um curso de profissional de beleza para ter chances maiores de emprego ao chegar lá…Morten me disse que os serviços como manicure, pedicure são caríssimos, então eu poderia tentar. O curso dura 4 meses. Bem, vamos resolver isso juntos. O que importa é que agora tenho uma definição e posso encontrar com meu amor a hora que eu quiser!

Quando eu tiver novidades, escrevo. Tenham um bom fim-de-semana!

P.S.: Gratulerer, Norge! Adorei o jogo Noruega vs. Brasil. O tabu continua, o poderoso time do Brasil jamais venceu a humilde Noruega. «Gratulerer» também para a iniciativa do governo norueguês de ajudar uma favela em Niterói, Rio de Janeiro com projetos sociais.


Foto: Uma prainha na ilha onde irei morar.