Data significativa

Data significativa




Olá a todos!

Estou passando dias agradáveis aqui, de modo geral. Estou trabalhando quase que todos os dias. Mesmo que sejam apenas 2,3 horas ao dia, pelo menos eu saio de casa, não fico sozinha enquanto o Morten trabalha e ainda ganho dindin. O trabalho não é muito pesado e eu já estou pegando prática com os rodos e equipamentos de limpeza. Uma coisa da qual eu sinto muita falta é a vassoura. Aqui, não se tem o costume de dar uma varrida na casa antes de passar pano úmido. Eu acho que não é prático, mas, tenho que acatar. Outra coisa é que a água da limpeza aqui é sempre fervente. Tenho até medo de colocar a mão no balde e me queimar. Ainda bem que uso luvas.

Sábado e domingo foram bem calmos, ficamos em casa, andamos a pé até o centro da comunidade, que fica a 1 hora de casa,  e voltamos. Foi um pouco cansativo, mas estamos pensando em fazer isso todo final-de-semana. Alugamos dvds e domingo fomos dar um passeio de carro pela ilha. Ainda tem muitos lugares para se conhecer por aqui, mas isso necessita de tempo. Domingo à noite consegui ligar pro meu avô usando o Skype e deu tudo certo, ficamos ambos muito felizes por nos falarmos após um mês desde a minha partida. Ontem, dia 20 fez um mês já! Como o tempo passa rápido! Hoje também é nosso aniversário de namoro.

Sexta-feira eu recebi meu ‘personnummer’, o principal documento aqui. Com este número pode-se abrir conta, arrumar emprego e fazer praticamente tudo. Graças a Deus eu não estou tendo mais problemas burocráticos com meus documentos. Exceto um, acho que ainda não havia contado. Eu ainda não posso freqüentar o curso gratuito de norueguês por que, segundo a UDI, eles agora só oferecem o curso àqueles que tiverem visto permanente, e o meu é temporário. Mas, veja a contradição: eu tenho visto temporário de residência e trabalho. Ou seja, eu posso até trabalhar, mas não posso aprender o idioma! Como que uma pessoa que não fala nada de norueguês pode aproveitar este visto então? Eu me considero muito sortuda por falar inglês e ter noções de norueguês, senão, estaria de mãos atadas. Mas, vamos levando. Agora, eu e o Morten estamos conversando somente em norueguês para que eu me desiniba quando estiver sozinha. Está dando certo, estou bem otimista. Agora, só falta a UDI dizer que eu não preciso do curso quando eu tiver direito à ele, por que eu já falo o básico…ai ai ai.

Esta foto eu tirei durante a caminhada que fizemos sábado. Está escrito “Sol aberto”. Aqui, bronzeamento artificial é uma febre, por causa da falta de sol e por que eles adoram ficar bronzeados. Há muitos locais que oferecem este serviço, aqui chamado de “Solarium”.

Legg igjen en kommentar

Din e-postadresse vil ikke bli publisert. Obligatoriske felt er merket med *