Aurora boreal

Aurora boreal


Terça, quarta e quinta foram dias muito agitados para mim. Segunda-feira, após encerrar o trabalho no museu e voltar para casa, recebi um SMS da minha chefe perguntando se eu poderia trabalhar terça à noite, na limpeza de um supermercado, como aprendiz. Eu topei, e não foi tão cansativo. Quarta eu trabalhei das 9:30 às 18. Nós (um grupo de 5 mulheres mais a chefe) tivemos que limpar um jardim de infância que acaba de ser construído aqui na ilha, e pior, tínhamos prazo para entregar o prédio limpinho até quinta 13 hs. Imaginem uma escola cheia de poeira, serragem, embalagens de material de construção e ainda, pessoas indo e vindo? Pois esse era o cenário quarta. Ontem (quinta-feira), às 7:30 da manhã, lá estava eu de novo limpando. Acabamos o serviço às 13:10, nem acreditei. O bom desses dois dias foi que, ao final do trabalho a chefe nos levou para comer pizza (comer pizza em restaurante aqui é muito caro). Eu tirei uma foto da vista da cozinha do jardim de infância:




O local fica bem na beira do mar, uma vista deslumbrante de quase todas as janelas. Espero que eles tenham construído o local certos de que não há perigo de maré alta ou vendavais por ali.
Depois de ter acabado o serviço ontem, meu namorado teve que ir cobrir um acontecimento histórico onde eu moro: A concessão dada pelo governo para abrir o “Vinmonopolet” na ilha. Mas, primeiro, eu devo explicar resumidamente o que é “Vinmonopolet”:


Na Noruega, a política de controle de venda de bebidas alcoólicas, principalmente as destiladas, é rigorosíssima. Não se vende uísque, conhaque, vinho, vodca, por exemplo em supermercados ou qualquer outra loja. É impossível de se achar, a não ser que sejam bebidas contrabandeadas ou caseiras. Os únicos lugares onde se pode comprar bebidas destiladas são nas lojas “Vinmonopolet”, lojas essas que são propriedade do governo. Os impostos sobre as bebidas são altíssimos, conseqüentemente, o preço vai às alturas. Isto tudo para coibir o consumo excessivo de álcool.


Mas, voltando ao assunto. Até ontem, a ilha onde eu moro não tinha uma loja “Vinmonopolet” e o prefeito e os políticos locais vinham batalhando por isso há anos. A população daqui tem que ir à loja da ilha vizinha comprar bebidas e não se conforma com isso.  Eis que ontem à noite a ilha recebeu a concessão do governo para construir a própria loja local e isso foi motivo de festa e comemoração. Eu fui ao Hotel onde eles celebravam e pude observar a dimensão da felicidade de todos. Aliás, o político que anunciou a notícia disse: “Este é o dia mais feliz da história desde quando a Noruega ganhou do Brasil (na Copa da França), dia 23 de junho de 1998.” Eles poderiam ter comemorado sem essa, hehe… Ah, um morador da ilha fez a filmagem de todo o evento e enviou a fita para a emissora de TV NRK, que divulgou a notícia no jornal local meia hora depois. Mais motivo de alegria, aparecer na TV, hehe.

Na volta para casa, mais uma surpresa. Conseguimos ver a aurora boreal, apenas por alguns segundos, porém. Para explicar o que é aurora boreal, vou colar aqui algo que eu achei na net, do site da revista “Galileu”:

Nas regiões polares também ocorrem as auroras. Elas tanto podem ser boreais (no Hemisfério Norte), também conhecidas como northern lights, ou austrais (no Sul). As auroras são fenômenos luminosos produzidos nas altas camadas da atmosfera, entre 60 km e 100 km acima da superfície terrestre, causados pela interação de partículas altamente energéticas provenientes do Sol com o campo magnético da Terra. Formam-se faixas e arcos em movimento, em tons de vermelho, verde, azul, violeta e branco.


Fonte: Roberto Boczko, professor do Instituto Astronômico e Geofísico da USP


A que nós vimos ontem era verde, parecia-se muito com esta aqui:






Eu sempre sonhei em ver este espetáculo de perto, e ontem foi o dia, até chorei . Uma recompensa mais do que merecida depois dos cansativos dias de trabalho. Até a próxima!    

Legg igjen en kommentar

Din e-postadresse vil ikke bli publisert. Obligatoriske felt er merket med *