Paixão nacional

Paixão nacional


Olá!

Hoje tive folga do trabalho, então  de manhã acompanhei pela TV a competição de esqui cross-country e revezamento em “skiskyting”, que nós conhecemos como “Biatlo”. Estou começando a gostar muito desses esportes, são emocionantes de se assistir e pude perceber como esquiar requer força física e resistência dos atletas. Sem falar nos locais das provas, cenários montanhosos cobertos de neve e sempre lotados. Vi muitas crianças e adultos abanando as bandeiras de seus respectivos países e tocando sem parar aqueles sininhos que os fazendeiros colocam em vacas e outros animais. Aliás, toda competição de inverno tem esses sininhos, é quase uma marca registrada.

Mas, deixa eu explicar o que eu sei sobre estes esportes todos. O esqui cross-country é uma corrida sobre esquis. A que eu vi hoje era um percurso de 10 km. Há três estilos de se esquiar, e os noruegueses dominam todos. Inclusive, hoje o vencedor foi um norueguês, Eldar Rønning, que é “Trønder” (nascido na região de Trøndelag, onde eu moro). Aqui a está a foto dele hoje, após vencer:



 

A melhor esquiadora cross country do momento também é “Trønder”, Marit Bjørgen. Aqui está a foto dela:



 

O “Biatlo” é meu favorito. Além de esquiar, os competidores devem atirar em cinco alvos em intervalos durante a corrida. Então, eles devem ser bons em tiro além de rápidos sobre os esquis. O melhor da Noruega é Ole Einar Bjørndalen:



Tem também o salto com esquis, que pode aparecer combinado com o cross-country. É emocionante ver os esquiadores literalmente “voando” de uma plataforma no alto de uma montanha e aterrissando direitinho no solo. No sábado eu vi uma pista de salto em esquis em Granåsen, em Trondheim. Aliás, Trondheim é candidata a sediar os jogos olímpicos de inverno de 2018, já pensou que legal seria se eles ganhassem?

Um último esporte que eu queria citar é o “Curling”. Eu ainda não entendi bem as regras, mas eu acho que é parecido com aquele jogo “bocha”, só que  no gelo. Os jogadores lançam um disco sobre o gelo e ele tem que atingir o centro de um alvo desenhado no chão. O mais engraçado é que um ou dois membros do time têm que enxugar o chão à medida que o disco desliza, assim ele ganha velocidade. Eu jamais imaginei que alguém literalmente “enxugasse gelo”, haha. Aqui vai uma foto do esporte:



Hoje aqui se comemora o dia de Santa Lucia (Santa Luzia). Algumas famílias assam um pãozinho chamado de “Lussekatter”. As crianças se vestem de branco e usam uma coroa de luzinhas na cabeça e juntas visitam casas e cantam a canção de Santa Lucia, que é muito linda. Se você acessar este link, poderá ouvir a musiquinha:

Sankta Lucia Sang


Bom, hoje era isso que eu tinha pra dizer. Quem sabe no inverno eu aprenda a pelo menos ficar em pé sobre os esquis? Parece fácil, mas já vi que é muito difícil.  Até a próxima!

Legg igjen en kommentar

Din e-postadresse vil ikke bli publisert. Obligatoriske felt er merket med *