Relatório de Natal

Relatório de Natal


Ontem à noite, Morten e eu voltamos para casa após 4 dias longe, celebrando o Natal na casa dos meus sogros. Foi uma maratona de eventos e reuniões familiares, jantares e degustação de comidas tradicionais e diferentes. Vou contar resumidamente o que aconteceu desde sábado:

Sábado, 23 de dezembro:

Partimos de manhã para Trondheim e fomos direto para a casa dos meus sogros. A casa estava toda decorada para o Natal, e não podia faltar uma “Pepperkakehus” que meu sogro fez:



Eu preferi ficar com eles e descansar, enquanto o Morten foi atrás dos últimos presentes. Meu sogro decorou a árvore de Natal (aqui, a casa é enfeitada somente dia 23 de dezembro).  A árvore ficou assim:



Quando o Morten voltou, nós quatro comemos “Julegrøt” e minha sogra tirou a amêndoa! Ela não quis ficar com o prêmio e adivinha quem foi sorteada? Ganhei um porquinho de marzipan, hehe. No jantar, experimentei um prato chamado “Rakfisk”, que é peixe curtido em açúcar e outros ingredientes. Eu gostei, estava achando que não iria aprovar.

Domingo, 24 de dezembro:

Morten e eu fomos à igreja para assistir ao culto de Natal. Eu estava curiosa para ver como é um culto Luterano e adorei, fiquei muito emocionada tanto com as palavras da pastora como com o coral de crianças cantando músicas natalinas.
Na volta, recebemos  a visita dos avós maternos do Morten para um café (eles passaram a véspera de Natal na casa do filho deles, tio do Morten) e mais uma rodada de biscoitinhos natalinos. Antes do jantar, Morten leu a passagem do Evangelho em que é narrado o nascimento de Cristo e
 eles cantaram uma música. Foi tudo muito bonito e perfeito. Esperamos o irmão do Morten, sua namorada e a namorada do outro irmão dele chegarem para abrirmos os presentes. Ganhamos muitos presentes para a nossa casa, entre outras coisas e eu fiquei muito feliz, embora tenha sentido muita falta da minha família.

Segunda, 25 de dezembro:

Um dia de descanso, sem nenhum grande evento em família. Ficamos em casa, fizemos uma caminhada por Klæbu e finalmente experimentei “Lutefisk”, bacalhau curtido em soda cáustica! Assustador, não? Mas, acredite, é uma delícia. À noite telefonei para minha família e conversei com eles por um bom tempo.

Terça, 26 de dezembro:

Jantar com a família da mãe do Morten. Ao todo, 16 pessoas, com direito à visita do Julenisse (Papai Noel), que trouxe doces para os filhos da prima do Morten. Mais tarde, fomos a uma festa na casa do meu cunhado e sua namorada em Trondheim. Uma típica festa de jovens estudantes, não fez bem meu estilo, mas eu achei interessante conhecer.

Quarta, 27 de dezembro:

Jantar com a família do pai do Morten. Ao todo, 17 pessoas. Pela segunda vez comi carne de alce, só que preparada de um modo diferente,  me agradou muito. No final da tarde, hora de ir embora para casa. Duas horas e meia de viagem embaixo de muita chuva. Neve? Nem deu o ar da graça aqui. Foi um Natal verde, e não branco como eu esperava. Quem sabe no Ano Novo o tempo mude? No Ano Novo nós pretendemos ficar em casa e comemorar sozinhos, o que vai ser muito bom depois de tanto agito e correria.

Tenham uma excelente comemoração de Ano Novo e até a próxima!!




 

Legg igjen en kommentar

Din e-postadresse vil ikke bli publisert. Obligatoriske felt er merket med *