Espírito natalino

Espírito natalino

Pois é, ele chegou. Ano passado eu não fui contagiada nem um pouco pelo clima de Natal. Fazia menos de dois meses que eu havia chegado a Noruega, estava confusa, com saudades de casa e não sabia muito das tradições daqui. Mas, este ano é diferente. Estou vivenciando a chegada do Natal, o advento, os preparativos com muita intensidade e entusiasmo. Já fizemos nossa casa de biscoitos e alguns biscoitinhos para usar como decoração. Este biscoito chama-se pepperkake (bolo de pimenta), mas de pimenta ele não tem nada. Tem cravo, canela e gengibre. A casa se encheu de um perfume delicioso.

Terça-feira, enquanto eu passeava por Trondheim, pude entrar na catedral de Nidaros e alguém praticava músicas no órgão. Entre muitos agradecimentos e alguns pedidos, senti uma paz infinita naquela catedral antiquíssima. Pena que, dez minutos depois, uma senhora muito simpática veio se desculpar e informar que a catedral estava fechada. Ops, quase que me esquecem lá dentro!

Na volta de Trondheim, mais um sonho realizado. Testemunhamos o espetáculo da natureza chamado “aurora boreal”. E, ao contrário da primeira vez, não durou apenas alguns segundos. O que vimos no céu estrelado de uma noite congelante foi exatamente isso:

Descemos do carro e contemplamos as luzes do norte durante pouco mais de cinco minutos. Queria ter ficado mais, mas era tarde da noite.

A professora Valborg já me inscreveu na prova de norueguês Trinn 3. Vai ser dia 7 de fevereiro de 2008. Se eu passar nessa prova eu poderei começar a faculdade!

Estou ensinando uma nova funcionária que vai assumir o banco e a agência dos correios. Ela é da Turquia e é muito simpática.

Hoje é dia de Santa Luzia, bem popular aqui na Noruega.

Legg igjen en kommentar

Din e-postadresse vil ikke bli publisert. Obligatoriske felt er merket med *