Olha o passarinho!

Olha o passarinho!

Infelizmente tive que trocar de template novamente por que o anterior deixou o blog muito bagunçado e difícil de ler. Queria ter achado outro template com motivos primaveris, mas não consegui. Então, peguei este que está mais para outono, mas pelo menos o blog ficou mais arrumadinho.

Me esqueci de contar (acho que inconscientemente eu queria mesmo esquecer) que há algumas semanas eu quebrei uma porta de vidro de um dos shoppings onde trabalho. Estava experimentando uma máquina de limpeza nova, perdi o controle e ‘crash’. Para minha felicidade e sorte, minha chefe reagiu com uma compreensão sem tamanho, não ficou brava e não gritou. E quando ela foi contar pros donos do local, eles também não se alteraram. Uma grande diferença entre a Noruega e o Brasil.

Ontem, após o trabalho, meu marido recebeu uma ligação do diretor de futebol de Frøya. Ele queria saber se eu poderia ajudar como intérprete numa reunião entre o clube e quatro brasileiros que acabaram de chegar para jogar pelo clube. São os mesmos brasileiros que vieram ano passado. Eu aceitei e acho que fiz um trabalho bom, para uma primeira vez. Eles disseram que me chamarão novamente.

Semana passada tivemos mais um simulado de redação e recebi a nota ontem. 5+, o que seria equivalente a 9,5 no Brasil. Agora, falta só um simulado e aí é se preparar para os exames no final de maio.

Dia 1 de maio será feriado aqui, como no Brasil. Pretendemos ficar em casa, já que dia 9 iremos para Trondheim, onde farei o exame de inglês, TOEFL no sábado. Já neste final de semana, vamos para um município vizinho a Trondheim, onde nosso amigo e padrinho de casamento tem uma fazenda construída no século XVII. Vamos tentar observar um pássaro chamado tiur, muito comum aqui. Nesta época eles acasalam e tem uma espécie de ritual – tiurleik – que poucos têm a oportunidade de ver, mas quem viu diz ser algo fascinante. Nunca observei pássaros na minha vida antes, mas se eu casei com um norueguês, povo que ama a natureza, e ainda por cima um que é caçador, tenho que me adaptar. Acho que vai ser divertido de qualquer maneira, com ou sem tiurleik.

 

Legg igjen en kommentar

Din e-postadresse vil ikke bli publisert. Obligatoriske felt er merket med *