Reencontro com o blog

Reencontro com o blog

Depois de um afastamento forçado de muitos meses volto finalmente a escrever no blog. Desde março aconteceu muita coisa, mas por falta de tempo ou de inspiração não vim aqui escrever. Em março tive que fazer o trabalho de ciências políticas e em seguida o de sociologia. Os dois foram aprovados e por isso consegui o direito de fazer os exames finais. Dia 31 de maio fiz o de sociologia e dia 7 de junho o de ciências políticas. Creio que me saí bem o suficiente para passar, mas não tenho esperança nem ambição de conseguir uma nota alta.

No trabalho levei um susto em abril/maio quando fiquei sabendo que eu havia perdido o prazo para me candidatar à vaga de professora de inglês e espanhol no próximo ano letivo. O meu chefe havia me perguntado se eu queria continuar e eu disse que sim. Pensei que com isso eu seria automaticamente recontratada. O que eu não sabia é que na Noruega há uma lei que obriga as escolas a publicar anúncios de emprego para que todos tenham as mesmas oportunidades de se candidatar. Aqui há os empregos que eles chamam “fast” (fixos) e “vikariat” (temporário). Como eu ainda não estou formada na universidade, não posso ter emprego fixo e com isso tenho que me candidatar ao emprego temporário a cada ano, até eu completar minha formação e aí sim ser contratada como “fast”. Fiquei com medo de perder o emprego, mas felizmente isso não aconteceu. Esta semana recebi até convite para ser “kontaktlærer” (professora responsável por uma classe e que mantém contato com os pais dos alunos), mas recusei por que não sinto que tenho experiência suficiente para abraçar uma responsabilidade tão grande. Quando eu me formar vou pensar na possibilidade. No próximo ano letivo pode ser que eu comece a lecionar “samfunnsfag”, ou matérias relacionadas à sociedade como história, geografia e educação moral e cívica. Agora restam só duas semanas e vou entrar em férias para voltar ao trabalho somente no meio de agosto.

Desta vez felizmente não estou dependendo das autoridades norueguesas para poder viajar, já que meu visto permanente está coladinho no passaporte. Por isso fizemos muitos planos e essas férias prometem. Não quero dar muitos detalhes antes, mas depois das férias vou escrever aqui tudo o que aconteceu. Nunca estive tão ansiosa para as férias chegarem. Foram meses intensivos de trabalho e estudo e eu sinto que mereço muito.

No começo de maio uma coisa muito triste aconteceu. O avô paterno do meu marido (que eu adotei como meu avô também) faleceu de repente depois de lutar contra um câncer. Ele era muito saudável, esquiava, caçava e trabalhava na sua pequena fazenda. Nunca terei um instrutor de esqui tão paciente como ele. Ele nos fascinava com suas histórias, especialmente da segunda guerra mundial (a Noruega foi ocupada pelos nazistas). Vamos sentir muitas saudades.

Há ainda mais coisas para escrever, mas vou deixar para a próxima postagem.

4 Replies to “Reencontro com o blog”

  1. oi raquel
    acompanho alguns blogs e sem querer encontrei o seu.
    Fico feliz de saber que é possível construir uma vida de vitórias e tb de desafios na noruega. Parabéns por não deixar as barreiras te impedir de atingir seu objetivo. Tb vou aproveitar e tirar uma dúvida com vc. Já venho namorando um norueguês por algum tempo, já fui aí na noruega algumas vezes para visitá-lo e ele vive dizendo que se eu aprender o norueguês, portas vão se abrir. Que minha prioridade deveria ser aprender o norueguês. Daí te pergunto: vc acha o mesmo? vc entrou na faculdade aí por ter aprenndido o norueguês ou vc já entrou na forma tradicional com inglês fluente? Temos sim vontade em casar, mas prefiro tirar todas as minhas dúvidas antes e nada melhor do que com vc que ja mora aí e que não vá me contar só o lado negativo. já fiz intercâmbios de trabalho e sei como é o perrengue no início.mas uma mente confiante como a sua faz a gente chegar as alturas! 😀
    Obrigada
    Janaína

Legg igjen en kommentar

Din e-postadresse vil ikke bli publisert. Obligatoriske felt er merket med *