Måned: februar 2012

Férias de inverno (ainda bem!)

Férias de inverno (ainda bem!)

Molheira do jogo de jantar que encontramos em Oslo

Estou de férias de inverno (uma semana) e estou aproveitando para escrever meus trabalhos. Tenho um  para entregar em uma semana e outro para entregar em 30 dias. No meio de março terei três provas. Este mês que está chegando vai ser muito corrido, mas felizmente quando as férias de Páscoa chegarem (mais uma semana de folga), vou poder relaxar para valer e ainda por cima vou viajar com o marido!

Mas, não estou enterrada em livros o tempo todo. No final de semana passado demos uma fugida até Oslo. Primeiro fui à embaixada para transferir meu título de eleitor do Brasil para Oslo. Dei entrada no processo e agora terei que esperar 6 meses e ainda por cima terei que ir pessoalmente até lá retirar meu título novo! Quanta burocracia! Depois passeamos, vimos um musical chamado «Sonny» na Ópera de Oslo, visitamos as ruínas depois do ataque terrorista de julho de 2011, conhecemos a Catedral de Oslo e visitamos amigos. Até encontramos um jogo de jantar completo e seminovo em um brechó. Eu e o Morten adoramos visitar antiquários e brechós, e em Oslo não poderia ser diferente. Cheguei em casa muito resfriada e não estou trabalhando tanto com os estudos na semana de férias como eu havia planejado, mas quando eu escuto colegas dizerem que nem começaram a ler os livros para a prova ou nem começaram a escrever os trabalhos, eu paro de estressar. Cada vez mais percebo que fazer as coisas direito não compensa muito não. Mas, isso fica para uma próxima postagem.
Terminei meu estágio de espanhol e agora restam somente 30 horas de inglês, que vou fazer no segundo semestre. Comecei a dar aulas de religião para substituir um professor e também comecei a dar aulas de espanhol para dois meninos com família chilena na escola primária, que fica do lado da escola onde eu trabalho. De 50% passei a trabalhar quase 70%. Aqui na Noruega, a maioria dos empregos têm o horário bem flexível. Caso a pessoa não queira ou não possa trabalhar 100% (das 8 às 16hs), pode-se negociar dias mais curtos ou dias livres na semana. Assim, o salário é calculado pelas horas que se trabalha por semana. Minha meta quando eu terminar os estudos é aumentar meu posto até 100% e trabalhar de segunda a sexta das 8 às 16. Mas, por enquanto os 70% são mais do que suficientes. O bom disso tudo é ver que quando menos se espera chove um trabalhinho aqui e outro ali. Isso me motiva ainda mais para concluir a faculdade. Estudar compensa, mas que dá trabalho, isso dá!