E (não tão) de repente (assim), é Natal

E (não tão) de repente (assim), é Natal

Várias vezes eu ensaiei escrever uma nova postagem aqui no blog, mas quando começava a pensar em todas as outras coisas que tinha que fazer, desistia.  Desde a última postagem em outubro, eu tenho somente trabalhado, escrito trabalhos para a faculdade, cuidado da casa e arrumado tempo para fazer exercícios físicos. Eu tinha planos de ir ao Brasil para passar o Natal e o Ano Novo, mas desisti porque teria que voltar ao trabalho já no dia 2 (eu poderia tirar uma semana extra de licença, mas aí não seria licença remunerada, o que encareceria muito a viagem). Ser professora na Noruega significa não poder tirar férias longas em outros meses do ano sem ser julho e um pouco de agosto. Mas, junho está logo aí (pensamento positivo) e então eu vou tirar minhas merecidas férias no Brasil.
Iniciei meu estágio de inglês na mesma escola onde trabalho, só que na classe de outra professora, que observa minhas aulas e me dá conselhos. Já cumpri cerca de 10 horas/aula, agora faltam mais 20. Mal vejo a hora de encerrar o estágio, ele me faz gastar muitas horas na semana – 2,5 horas/aula + preparação das aulas. Ontem ganhei meu primeiro presente de Natal de um aluno, aliás, dois alunos que são gêmeos. O encerramento de Natal na escola foi muito bonito, dois alunos cantaram, muito bem por sinal e depois os funcionários tiveram seu próprio encerramento, regado a canapés, bolos e rifa de Natal (ganhei uma garrafa de vinho tinto). Algumas semanas atrás houve a confraternização de Natal dos alunos, eu fui convidada e fiquei impressionada com o quanto os pais dos alunos trabalharam para proporcionar aos seus filhos uma confraternização perfeita.
Semana passada eu estive na polícia para renovar meu visto permanente (mesmo sendo permanente, ele vale somente por dois anos e deve ser renovado). Em vez de uma etiqueta colada no passaporte, eu recebi um cartão parecido com um cartão de banco com foto, impressões digitais e assinatura, que devo levar na carteira. O passaporte deve ser apresentado junto com o cartão somente em caso de viagem ao exterior. O atendimento na polícia melhorou muito nos últimos anos, agora não vejo mais pessoas disputando senhas a tapas e causando tumulto. Ponto para a UDI.
Vou passar o Natal com os sogros e o Ano Novo em Trondheim com o marido. Agora moramos bem perto do lugar onde a prefeitura solta fogos de artifício na virada do ano e não queremos perder o espetáculo. Volto ao trabalho dia 2 de janeiro. Ainda bem que já no dia 18 de fevereiro vamos ter uma semana de férias de inverno. Vida de professora é dura, mas nem tanto.
Feliz Natal e próspero ano novo!

5 Replies to “E (não tão) de repente (assim), é Natal”

  1. Oi Raquel! Boas festas para ti e toda a família!

    Compartilho agruras e delícias desta profissão!

    Se você fizer algum estudo / trabalho sobre dislexias em várias modalidades, síndromes, transtornos, deficiências, distúrbios, e puder compartilhar, eu ficaria grata.

    Aqui no Brasil é praxe acusar professores pela pouca aprendizagem de determinados alunos. Alguns professores, por ignorância em neurociência, (pouco contemplada em cursos de formação) acusam alunos e pais…
    Na maioria dos casos, a culpa não é de nenhum deles, e sim da falta de uma equipe multiprofissional nos Municípios!
    Um abraço.

  2. Raquel, sou doida pra conhecer a Noruega e realizar um antigo sonho: ver a aurora boreal. Descobri seu blog no Mundo Pequeno, e adorei. Passarei a acompanhar sempre, pois sua história me chamou muita atenção.

    Espero que em junho tu finalmente possa tirar suas merecidas férias em solo brasileiro. Aproveite bastante esse final de ano, e tudo de bom em 2013! 🙂

    Abraços!

  3. Oie Raquel, adorei o blog.. adoraria de um conselho para uma pessoa que irá para Oslo.. enviei um e-mail para você, se possível, me ajuda com uma simples informação.
    Existe alguma escola que ofereça cursos de inglês semanais, uma amiga precisa de 2 semanas de curso de inglês, escrevi mais detalhes no e-mail.
    De qualquer maneira, obrigado pela atenção.
    Almir

Legg igjen en kommentar

Din e-postadresse vil ikke bli publisert. Obligatoriske felt er merket med *