Måned: januar 2014

Uma curta visita ao meu local de trabalho

Uma curta visita ao meu local de trabalho

Chegamos à Noruega à tempo de comemorar o Ano Novo com a família do meu marido e dia 2 de janeiro eu já estava de volta ao trabalho. Como aqui é inverno, não há uma longa pausa após as festas como no Brasil. São somente as duas semanas das festas e o batente começa novamente. Dia 2 caiu em uma quinta-feira e foi planejamento, ou seja, nada de alunos. Eles voltaram às aulas na sexta, dia 3 – isso mesmo, primeiro dia de aula em uma sexta. E estavam todos lá. Muitos alunos e colegas de trabalho me saudaram, dizendo como era bom eu estar de volta, distribuiram abraços, sorrisos, fizeram muitas perguntas sobre a viagem. Enfim, tive uma recepção muito calorosa.
Recebi também um novo gabinete de trabalho, em uma sala nova com móveis novos. Estou muito satisfeita. Não tenho uma sala só para mim, eu divido a sala com outros 7 professores. Tirei fotos quando não havia ninguém por perto:

Muitas caixas com a minha «mudança» ainda no chão

O que eu mais gostei nessa nova estação de trabalho foram as estantes corrediças com porta e chave:

Ainda não organizei tudo do jeito que eu quero, mas aos poucos vou deixando meu cantinho arrumado.
Na semana que passou, fiquei sabendo que eu e mais um funcionário éramos os responsáveis pela arrumação da cozinha dos funcionários. A secretária da escola faz uma lista com os nomes dos funcionários e ela fica afixada no mural da sala dos professores. Ninguém escapa da lista, nem o diretor nem os coordenadores pedagógicos (que ocupam cargos de liderança):

Existem duas funcionárias que limpam a escola, mas na sala dos professores elas só são responsáveis por passar pano no chão e levar o lixo para fora. Ah, e elas utilizam a sala dos professores para tomar café, almoçar, enfim, são tratadas como todos os outros funcionários.
Como uma das encarregadas da limpeza da sala dos professores da semana, tive que colocar a louça suja na lava-louças e guardar a louça limpa, limpar a pia, as mesas e bancadas, e passar vassoura (que aqui tem o cabo curto, não sei por que). Um foto da cozinha quando não havia ninguém por perto:

Lava-louças pra que te quero

A máquina de café foi trocada por outra bem melhor. Até agora só experimentei o café puro e o cappuccino, deliciosos:

Temos que pagar o equivalente a 33 reais por mês para tomar café à vontade

Uma visão geral da sala dos professores:

Há uma mini-biblioteca para os professores. Na prateleira de cima, livros de ficção trazidos pelos próprios professores, que emprestam os livros entre si e na prateleira de baixo, livros sobre pedagogia que o diretor comprou para nós:

Existe ainda a biblioteca principal, que é usada pelos alunos, vou colocar uma foto em breve.