Måned: juli 2016

Trigésimo primeiro dia de férias

Trigésimo primeiro dia de férias

O tempo aqui na Noruega está muito instável. Chove muito e faz frio alguns dias, outros dias são quentes, mas nublados. Esta semana houve somente um dia de verão. Depois de 10 anos aqui aprendi que não adianta reclamar, temos que nos resignar ao fato de que assim é. Há muitas coisas para se fazer em casa quando o tempo não está bom. Estou lendo Revolutionary Road, assistindo muitas séries e filmes, vídeos no You Tube, fazendo tarefas domésticas que nunca dá tempo de fazer quando estou trabalhando (organizar armários, doar roupas e outras coisas de que não preciso, etc.).

Depois de algumas experiências positivas, passei a fazer IMG_20160723_151246mais compras pela internet. Esta semana recebi dois livros. Um chama-se «Q&A a day«. Trata-se de uma espécie de agenda/diário que dura 5 anos. Cada dia há uma pergunta que o diário te faz, e você deve responder as perguntas todos os dias, durante 5 anos. Ao final dos 5 anos você poderá reler o diário e provavelmente se fascinará pelo modo como as respostas foram mudando ao longo dos anos. Pelo menos isto é o que eu espero. O outro livro que recebi é da mesma série e chama-se «Our Q&A a day«. Este é um livro para casais, que devem responder a uma pergunta diferente diariamente durante 3 anos. Cada um escreve sua resposta no diário.

Quarta-feira voltei à delegacia para tentar tirar meu passaporte. Desta vez deu tudo certo, o processo todo não demorou mais que 5 minutos! Dentro de 10 dias úteis meu passaporte chegará pelo correio.

Hoje é um dia triste para a Noruega. Há 5 anos ocorreram os ataques terroristas em Oslo que causaram a morte de 77 pessoas. Alguns canais de televisão transmitiram cerimônias durante o dia inteiro. Exatamente nesta data eu estava viajando da Alemanha para Oslo e de Oslo para Trondheim com meu pai. Foi no aeroporto de Oslo que eu fiquei sabendo dos ataques, e meu marido estava em casa nos esperando, apreensivo porque a mídia havia divulgado a possibilidade de outros ataques. No dia seguinte, viajamos todos para a Espanha. Ao chegar lá, lembro que estavam noticiando a morte de Amy Winehouse, uma artista muito talentosa na minha opinião.

Vigésimo sexto dia de férias

Vigésimo sexto dia de férias

Um resumo das minhas férias:

  • Estamos assistindo à sexta temporada de Walking Dead.
  • Li o livro To kill a mockingbird de Harper Lee, e assisti ao filme também.
  • Estou estudando para uma matéria de religião chamada «Introdução ao cristianismo». Pretendo estudar um pouco de todas as religiões ao longo de 2 anos. Ano passado dei o passo maior que a perna, me matriculei em 3 matérias e não consegui fazer nenhuma. Desta vez vou fazer uma por semestre.
  • Recebi meu horário para o próximo ano letivo. Vou lecionar as mesmas matérias de antes (espanhol, inglês, estudos sociais e religião), mais uma matéria optativa chamada Innsats for andre, em que os alunos fazem trabalho voluntário.
  • Fomos ao cinema uma vez até agora para assistir ao Independence Day 2.
  • Fomos ao chalé da família nas montanhas do dia 1º ao dia 5 de julho. O chalé é completamente isolado. Não há internet, sinal de celular e água encanada.
  • Voltando do chalé fomos à Storlien na Suécia fazer compras.
  • Estou firme e forte nos exercícios físicos e na reeducação alimentar.
  • Dia 12 fui à polícia tirar meu passaporte. A atendente se recusou a fazer o passaporte porque disse que no registro geral da Noruega não estava registrado São Paulo como meu local de nascimento (somene a UDI tinha esta informação). Tive que ir aoFolkeregister levar cópia do meu passaporte brasileiro e da certidão de nascimento traduzida para provar que nasci em São Paulo. A atendente disse que levaria 6 semanas para fazerem o registro do local de nascimento.
  • No dia seguinte à visita ao Folkergister, recebi uma carta eletrônica deles: a alteração estava em ordem.
  • Marquei então um novo horário para tirar o passaporte.
  • Comprei o livro Revolutionary Road de Richard Yates em um brechó. Vou começar a ler esta semana que começa.
  • Estou assistindo muito ao You Tube, há canais muito interessantes.
  • Estou pensando se vou fazer o vídeo do bunad, e como o farei. Tem tanta coisa de qualidade no You Tube, não quero fazer algo malfeito.