Dica de cinema

Dica de cinema

Já que estou passando muitas horas na frente do computador estudando, quero escrever mais no blog, especialmente sobre coisas que acabaram de acontecer. Pois bem, ontem eu e meu marido estávamos fartos de estudar, e resolvemos ir ao cinema. Tínhamos um vale-presente que ganhamos de presente de Natal, então resolvemos usá-lo. Tivemos que escolher entre três filmes: Hoggeren, filme norueguês, Sameblod, filme sueco e Lion, filme indiano-australiano. Acabamos optando pelo último. E não nos arrependemos. Uma história emocionante e, o que é melhor, baseada em fatos reais (adoro esse tipo de filme). Me lembrou vagamente a trama do filme brasileiro Central do Brasil, que tem uma das minhas falas favoritas: «Tenho saudades do meu pai. Tenho saudades de tudo», além da trilha sonora fabulosa do violoncelista Jaques Morelembaum, que colaborou muito com um dos meus ídolos, o compositor japonês Ryuichi Sakamoto.

Trondheim tem uma boa oferta de cinemas. Há o Prinsen perto da catedral de Nidaros e o Nova, mais perto da minha casa. Falando em filmes baseados em fatos reais, este ano os alunos da décima série assistiram ao filme 42 quando abordamos o tema Direitos Civis nos Estados Unidos. O filme narra a trajetória de Jackie Robinson, o primeiro jogador de baseball (beisebol?)negro a participar da Major League nos anos 40, quando a lei Jim Crow e o princípio de segregação racial separate but equal estavam em seu ápice. Há um outro filme excelente sobre este tema, «The Help», baseado em um livro que eu li (peguei emprestado o áudio-livro na biblioteca, lido pela atriz Octavia Spencer que ganhou o Oscar de melhor atriz coadjuvante por seu papel na versão cinematográfica).

Ultimamente confesso que tenho assistido mais a séries do que filmes. Tenho lido muito também (ficção, não somente para a faculdade). Este tema merece uma postagem separada.

Legg igjen en kommentar

Din e-postadresse vil ikke bli publisert. Obligatoriske felt er merket med *