Kategori: Férias

Update do verão 2017 parte 2

Update do verão 2017 parte 2

Esta é a primeira postagem no meu novo endereço. Agora vou poder postar vídeos e qualquer outro conteúdo extra sem ter que me preocupar com limites ou taxas.

Minhas férias de verão neste ano estão chegando ao final. A princípio pensei que estas férias não seriam tão interessantes, mas me equivoquei. Com a compra da nossa casa de verão, viajei mais do que o esperado. Os principais acontecimentos desde a última atualização foram:

  1. Recebemos nossos sogros aqui na casa de verão (escrevo ‘aqui’ por que estou na casa neste momento!). Eles adoraram e o tempo estava maravilhoso.
  2. Viajei para Bergen para encontrar com amigos do Brasil. Infelizmente eles não puderam vir até Trondheim, então eu fui até eles. Muito emocionante e divertido.
  3. Meus sogros completaram 60 anos de idade este ano, e, para comemorar, financiaram uma viagem a Croácia para os filhos, noras e netos. Na próxima postagem escreverei detalhes desta viagem.
  4. Vim para a casa de verão um dia depois de voltar da Croácia. Morten está trabalhando e vem amanhã. Vim de ônibus, aliás, uma viagem bem comfortável. Quem acompanha o Instagram deve ter visto momentos da viagem no Instastories.
Update verão 2017

Update verão 2017

Saí da academia aqui perto de casa e voltei para a academia em que eu treinava antes (3T). Estava um pouco insatisfeita com alguns cortes por causa de dificuldades financeiras que a academia estava enfrentando. A mensalidade é um pouco mais cara, mas a 3T tem mais filiais na cidade e oferece muito mais, como por exemplo aulas em grupo. Eu comecei a fazer algumas aulas, como Yoga Flow e Hot Yin. Trata-se de aulas de yoga em uma sala muito quente (acho que o termo certo é Bikram Yoga). Além disso estou treinando condicionamento com corrida pelo menos duas vezes por semana.

Há uma semana o Morten correu uma etapa na St. Olavsloppet, uma corrida tradicional de revezamento que acontece todo ano. Este ano a corrida começou em Östersund na Suécia e terminou quatro dias depois em Trondheim. O Morten correu na etapa entre Stiklestad e Verdal, uma distância de cerca de 5 quilômetros. Eu fiz um vlog no dia da corrida, mas tenho que ajustar algumas configurações aqui no blog para poder publicar o vídeo.

No mesmo dia da corrida recebemos a notícias que estávamos esperando: conseguimos comprar uma casa de verão! O processo de compra de imóveis aqui funciona de maneira diferente do Brasil. Primeiro publicam o anúncio do imóvel em jornais e na internet, com uma data e hora marcada para todos os interessados visitarem o imóvel. Também é publicado o preço estimado, geralmente determinado por um avaliador. Durante esta exposição do imóvel, os interessados escrevem seus dados em uma lista.  Depois de encerrada a exposição, pode-se fazer uma oferta por escrito para o dono do imóvel. Esta oferta vem seguida de um prazo de aceitação. O corretor do imóvel envia então uma mensagem para todos os que escreveram seu nome na lista de interessados. Se algum outro interessado quiser, pode dar uma oferta acima da oferta anterior, como em um leilão. Cada oferta vem seguida de um prazo de aceitação, que pode variar de algumas horas até minutos. Ganha o imóvel quem der a oferta mais alta e se o dono do imóvel aceitá-la.

No nosso caso, demos muita sorte. No dia da exposição do imóvel, somente nós aparecemos. Fizemos uma oferta alguns dias depois, com prazo de aceitação de 24 horas. Durante este período, não recebemos mensagem do corretor sobre outras ofertas. Ao final do prazo, o corretor nos telefonou para nos informar que o imóvel era nosso! Vamos receber as chaves daqui a 10 dias, então vou poder falar mais da casa e publicar fotos. O que posso dizer é que ela tem vista pro mar e fica em uma ilha com algumas praias!

Último dia de férias

Último dia de férias

Hoje chegam ao fim minhas férias de verão (infelizmente um verão que deixou muito a desejar, com chuva e frio na grande maioria dos dias). Ontem fomos ao casamento do meu cunhado e eu me diverti muito. Há muitas diferenças entre uma recepção de casamento norueguesa e uma brasileira, pode ser um assunto para uma das próximas postagens.

Aqui há uma lista de algumas das coisas boas que fiz durante as minhas férias:

  • Vi os reis da Noruega de perto logo no começo das férias.
  • Me tornei cidadã norueguesa e tirei meu passaporte.
  • Emagreci muito graças à muita disciplina e muita atividade física
  • Li muitos livros
  • Assisti muitos filmes e séries
  • Montei um quebra-cabeça de 1500 peças e outro de 1000 peças
  • Aprendi muito sobre maquiagem, organização da casa e muitas outras coisas assistindo a vídeos no You Tube
  • Entrei na faculdade de novo
  • Já comecei a ler os livros para a matéria que vou cursar na faculdade
  • Fui para o chalé nas montanhas

Eu por várias vezes quis gravar o vídeo mostrando o meu bunad. Arrumei a câmera com tripé e tudo, mas sempre tinha alguma coisa que não estava do jeito que eu queria. Um dia esse vídeo sai.

Amanhã então retorno à escola para três dias de planejamento. Os alunos voltam às aulas na quinta-feira. Estou curiosa para ver meu novo escritório, houve uma reforma durante as férias e eu tive que encaixotar todas as minhas coisas. Amanhã já sei que terei que organizar tudo de volta aos seus devidos lugares.

Eu pretendo planejar muito bem meus dias, dedicar tempo depois do jantar para estudar e preparar aulas. Não pretendo deixar a atividade física de lado, pois é exatamente isso que me dá energia para fazer tudo que quero durante um dia corrido. Tampouco quero descuidar da alimentação. Em uma escola sempre tem um bolo tentador, bombons por todos os cantos, alunos vendendo pizzas, pães doces e cachorros-quentes. Vou levar comida saudável nas minhas marmitas para não ter que apelar para as tentações.

Terceiro dia de férias

Terceiro dia de férias

Neste dia fui até a polícia retirar a carta oficial da cidadania. Me estressei muito com o  atendimento, tanto que prefiro não escrever para não ter que lembrar. Acompanhei também uma parte da cerimônia de celebração dos 25 anos de reinado dos reis da Noruega. Há um pequeno vídeo no meu canal:



Para quem se interessar em ver toda a cerimônia, pode acessar o site do canal estatal norueguês:

Signingsjubileum

Estou interessada em saber que possíveis assuntos poderiam ser abordados em pequenos vídeos que eu – talvez, ainda não estou certa – publicaria no You Tube. Agradeço a ajuda, apesar de não prometer que vou me aventurar neste mundo de vlogueira. Tenho receio de que há exposição excessiva, não sei se estou preparada para algo deste tipo. Mas, as sugestões serão bem-vindas e poderão eventualmente ser abordadas aqui no blog.

Lembro que já escrevi extensivamente sobre 

Imigração e morar na Noruega

e

Trabalhar na Noruega


Continuo recebendo e-mails de leitores que claramente não fazem uma busca no blog para se informar sobre esses assuntos. É importante ler tanto as postagens como também os comentários, há muita informação relevante.

Segundo dia de férias

Segundo dia de férias

Hoje chegou a carta da imigração com as instruções para requerer o passaporte norueguês. Primeiro tenho que ir na delegacia de polícia para retirar uma outra carta, e com ela posso marcar hora para tirar o passaporte. Durante as férias de verão é difícil encontrar um horário vago para tirar o passaporte, mas verifiquei que há horários disponíveis na metade de julho.

Amanhã os reis da Noruega desembarcarão aqui em Trondheim para comemorar seus 25 anos de reinado. Foi aqui, na catedral de Nidaros que eles foram coroados e por isso decidiram comemorar a data na cidade. Depois de ir à delegacia talvez eu vá dar uma volta para ver um pouco da comemoração, creio que a cidade estará repleta de súditos querendo saudar o casal real.

Estamos reformando nosso quarto e hoje eu passei boa parte do dia trabalhando com a reforma. Estou preparando as paredes para receber papel de parede e pintura. É um trabalho meticuloso e que deve ser feito várias vezes até atingirmos o resultado desejado. Estamos dormindo na sala por enquanto, então temos que terminar tudo antes de eu voltar ao trabalho.

Cidadã norueguesa!

Cidadã norueguesa!

Sexta-feira foi o último dia de aula com os alunos. Neste dia não há ensino, os alunos organizam jogos e quizzes, tomam sorvete e às 11.00 recebem o boletim, um abraço das professoras e são dispensados com os votos de um bom verão. 

Enquanto estava com os alunos na classe neste dia, recebi um e-mail. Eu nunca uso o celular na sala de aula, mas neste dia era necessário usar o celular para jogar os quizzes que os alunos prepararam.
O e-mail era da imigração norueguesa, a UDI e nele estava escrito: «Olá. Você recebeu a cidadania norueguesa.» Informei meu marido, a professora que trabalha comigo e meus alunos imediatamente.

Dentro de alguns dias receberei uma carta contendo o procedimento para tirar o passaporte norueguês. Não terei que entregar o passaporte brasileiro, pois a Embaixada brasileira me orientou sobre isso. Na prática, ter a cidadania norueguesa não vai mudar muito a minha vida cotidiana. Hoje pensei no que eu poderei fazer sendo cidadã que eu não podia antes. Por enquanto descobri que vou poder votar nas eleições para o Parlamento além das eleições municipais e posso ser convocada para fazer parte do corpo de jurados em um julgamento. Uma funcionária da escola foi convidada para um jantar com os reis da Noruega em comemoração dos seus 25 anos de reinado na próxima quinta-feira. Estes convites são enviados a cidadãos noruegueses aleatoriamente. Isto significa que no futuro, eu posso ser convidada para uma ocasião parecida também!

Provavelmente em novembro haverá uma cerimônia para os novos cidadãos noruegueses organizada pelo governo estadual daqui (fylkeskommune). Nesta cerimônia haverá algumas apresentações musicais, cantaremos o hino nacional da Noruega (preciso decorar a letra!), teremos que declarar lealdade ao país lendo este texto:

Som norsk statsborger (Como cidadã norueguesa)
lover jeg troskap til mitt land Norge (eu prometo lealdade ao meu país Noruega)
og det norske samfunnet, (e à sociedade norueguesa)
og jeg støtter demokratiet (e eu apoio a democracia)
og menneskerettighetene (e os direitos humanos)
og vil respektere landets lover. (e vou respeitar as leis do país)

Receberemos também um livro e haverá uma recepção com comes e bebes ao final. Vou aguardar meu convite chegar. E vou usar meu bunad com orgulho.

Eu sinto que é o momento perfeito para me tornar cidadã norueguesa. Estou aqui há quase 10 anos com meu esposo norueguês, trabalho e pago meus impostos desde que cheguei aqui, falo o idioma fluentemente, cursei ensino superior aqui durante 6 anos (e pretendo cursar mais um ano), sou proprietária de um imóvel…Tenho família no Brasil e sinto saudades de muitas coisas (outras nem tanto), mas estou plenamente convencida de que é aqui que obtive minhas maiores conquistas (meu tão sonhado lugar ao gelo :)) e tenho minha vida atarefada, mas que me dá muitas alegrias. 

Estou pegando firme nos exercícios e na mudança de hábitos alimentares. Me exercito vigorosamente três vezes por semana. Parei de tomar café diariamente e passei a tomar mais chás e água. Estou preparando saladas verdes quase todos os dias e reduzi drasticamente o consumo de doces e carboidratos simples. Ainda estou longe de ser exemplar, mas estou satisfeita com este começo. 

Amanhã será meu último dia de trabalho deste ano letivo. Teremos somente planejamento. Meu escritório será reformado, então tive que encaixotar todos os pertences que tenho no trabalho. Volto à escola segunda-feira dia 15 de agosto e os alunos retornam às aulas dia 18. Não temos nenhuma viagem planejada. Meu esposo irá trabalhar durante todas as minhas férias. No próximo semestre, ele vai fazer um mestrado MBA em economia, e terá reduzir suas horas de trabalho, o que consequentemente afetará nosso orçamento. Será estranho ficar na Noruega durante todo o verão, já que costumamos viajar nesta época, mas penso que com o MBA ele terá melhores oportunidades de trabalho no futuro. Estamos investindo tempo em algo proveitoso para sua carreira. Eu vou tentar novamente fazer as matérias de religião no próximo semestre, será bom ter um companheiro de estudos aqui em casa.

Como vou estar de férias, pretendo escrever mais, vou fazer o possível.

Férias de Páscoa!

Férias de Páscoa!

Só tenho tempo de vir escrever aqui quando há férias ou folga. Sinal de que ando trabalhando muito. Três semanas atrás tivemos férias de inverno, mas não fiz nada de especial. Hoje começaram as férias de Páscoa. Profissionais de ensino têm a semana toda de férias mais a segunda-feira após o domingo de Páscoa. Dez dias. 

Amanhã vamos pegar a estrada e ir até Bergen, a segunda maior cidade da Noruega. Serão 10 horas de viagem, mas temos planos de acampar no caminho terça e quarta. De quinta até domingo vamos nos hospedar em hotéis. E na volta não vamos pegar a estrada, mas vamos navegar! Vamos embarcar de carro no Hurtigurten, o mais famoso navio de cruzeiro da Noruega, e chegaremos em Trondheim terça-feira de manhã. Esse passeio é muito popular, acho que mais entre turistas estrangeiros e noruegueses aposentados. Se você quiser ver uma viagem completa do Hurtigruten de norte a sul, pode ver esse link aqui.

Mesmo estando de férias, acabei de corrigir 25 textos de inglês. Isso por que não quero ir viajar com o pensamento de que terei pilhas de textos para corrigir quando voltar. Os dias agora estão mais claros, mas o frio persiste. A neve quase que derreteu por completo, mas pode de repente voltar. Não será primavera aqui antes de maio, creio eu.

Continuo aguardando a decisão sobre o meu pedido de cidadania norueguesa. O processo é muito lento. Todo mês recebo um e-mail da UDI dizendo que meu pedido ainda não foi examinado. Para se ter uma ideia, entreguei minha papelada em outubro de 2015, e eles ainda estão examinando pedidos entregues antes de julho de 2015. Não tenho pressa.

Agora é fazer as malas e amanhã seguir rumo para o sul, para Bergen!

Boletim das férias IV (atrasado)

Boletim das férias IV (atrasado)

Realizamos a última etapa das nossas férias com uma viagem até a capital da Suécia, Estocolmo. O tempo estava maravilhoso e fiquei encantada com a cidade. A viagem de carro foi longa. Paramos em Östersund, Sundsvall e Uppsala até chegar ao destino final. Como nosso carro é do tipo baú, o transformamos em uma barraca, e dormimos muito bem! Não nos arrependemos de ter escolhido este modelo de carro.

Estocolmo me lembrou muito Paris. Na Noruega dizem que a cidade de Tromsø é a Paris do Norte, mas enquanto eu não conhecer Tromsø, vou continuar convencida de que Estocolmo é, sim, a Paris do Norte. É uma cidade muito chique, com lojas de grife por todos os lados (só vi de longe), pessoas elegantes e simpáticas.

Ao chegar ao hotel – que havíamos reservado pela internet dias antes – recebemos a notícia desagradável de que eles estavam superlotados e que teríamos que nos hospedar em outro hotel, na próxima quadra. Não ficamos muito satisfeitos com isso, mas, aceitamos a proposta. A gerente prometeu nos dar um bom desconto na próxima vez que visitarmos Estocolmo. Guardei o cartão dela caso surja a oportunidade de ir até lá novamente em um futuro próximo.

Algumas fotos da viagem:

Praia de Bänkåsviken em Sundsvall
Teto da entrada da ópera de Estocolmo
Um dos becos da Gamla Stan (cidade velha), uma das principais atrações de Estocolmo

Museu do navio Vasa, que afundou a poucos metros de porto de Estocolmo em sua viagem inicial em 1628 e foi resgatado do fundo do mar em 1961
Um dos cômodos suntuosos do Museu Hallwylska, habitado entre 1893 e 1898 pelo casal Walther e Wilhelmina von Halwyl
Centralbadet, um balneário inaugurado em 1904 com arquitetura art nouveau.
Boletim das férias III

Boletim das férias III

Vista do fiorde no sítio onde a vovó cresceu
O verão aqui na minha região continua fazendo noruegueses e estrangeiros felizes e para completar a felicidade, semana passada meu marido entrou de férias. É muito diferente estar de férias sozinha e estar de férias junto com ele. Agora que não dependemos mais de ônibus e caronas, podemos planejar passeios para lugares mais distantes e foi isso que fizemos. Na terça-feira fomos fazer um passeio ao lugar onde a avó do Morten cresceu, um fiorde chamado Verrafjorden. Eu sempre quis conhecer esse lugar e valeu muito a pena. Após cerca de duas horas de viagem saindo de Trondheim, nos deparamos com paisagens incríveis.
O fiorde visto de outro ângulo
Uma plantação de morangos
Depois de muito bate-papo com a família e um lanche bem reforçado debaixo do sol escaldante, pegamos o rumo de volta para Trondheim. Eu e o Morten havíamos combinado de parar para comprar morangos caso víssemos alguém vendendo a um preço camarada na beira da estrada. Encontramos algo ainda melhor – um sítio cujos proprietários deixavam o próprio freguês colher os morangos, a 30 coroas (mais ou menos 10 reais) o quilo. Precavidos como somos, tínhamos uma bacia de plástico no porta-malas e tratamos de ir colher morangos. Eu nunca havia feito isso na vida e foi uma experiência muito divertida para mim. Depois de quase 3 horas colhendo morangos, saímos de lá com quase 10 quilos. Com os morangos fizemos muita geleia que congelamos na mesma noite. Temos um bom estoque que deve durar pelo menos até o próximo verão. 
Uma amostra da nossa colheita


Uma rena pastando na ida para o chalé
Uma molte antes de ser colhida e virar geleia
No dia seguinte, quarta-feira, empacotamos nossas mochilas e seguimos para o chalé da família, que fica nas montanhas de um município chamado Selbu. O lugar é muito isolado, pois não há vizinhos, televisão nem internet. Apreciamos o silêncio total, encontramos alguns animais na floresta, o Morten tentou pescar trutas no lago sem sucesso e colhemos quase 8 quilos de uma frutinha silvestre chamada multe. Na sexta-feira eu fiquei tão empolgada colhendo multe que fui parar bem longe do chalé, mas felizmente consegui encontrar o caminho de volta.



Dá um pouco de trabalho colher multer, por que tivemos que retirar pequenas folhas e outras impurezas das frutinhas com uma pinça, depois fervê-las e guardá-las em um lugar refrigerado. Ao chegar em casa misturamos com açúcar e embalamos a geleia em potes. Esta frutinha é muito apreciada pelos noruegueses e, segundo o Morten, ele nunca antes havia visto tanta multe na floresta como este ano. No Natal muitas famílias servem uma sobremesa chamada Multekrem, que é a geleia de multe misturada com chantilly. Muito bom!
Enquanto procurava o caminho para o chalé me deparei com

esse rio de águas cristalinas



Uma noite vimos outra rena perto do chalé, desta vez branquinha. E às 4 hs da madrugada de sábado para domingo, escutamos um barulho debaixo da janela do nosso quarto. Quando fomos ver o que era, nos deparamos com duas outras renas que pararam no chalé para pastar. Infelizmente não tiramos foto dos visitantes, pois ficamos com medo de espantá-las com o barulho. Para completar o «safári», ainda vimos um alce fêmea com seu filhote na estrada a caminho de Trondheim.  Fazia muito tempo que havíamos visitado o chalé e tivemos muita sorte tanto com o tempo, com a abundância de frutinhas e com o tanto de animais que vimos na floresta.


Uma rena branca pastando a 150 metros do chalé
Infelizmente, quando chegamos em casa no domingo tivemos uma surpresa muito desagradável: alguém entrou no porão do prédio por uma janela destrancada e arrombou nosso depósito com um pé-de-cabra. Roubaram algumas ferramentas do Morten, sua bicicleta e outras coisas de menor valor. Hoje o Morten já foi até a polícia prestar queixa e colocou uma nova fechadura mais reforçada na porta do nosso depósito. Nesta época de verão os gatunos se aproveitam do fato de muitos estarem fora de casa por causa das férias e praticam pequenos furtos. Todo cuidado é pouco!


Hoje estamos fazendo uma pausa e amanhã seguiremos viagem para outro destino. Temos somente duas semanas de férias restantes e queremos ficar em casa na última semana. A previsão do tempo é boa para os próximos dias é boa e esperamos desfrutar de nossa última viagem nessas férias de um verão até agora memorável.
Boletim das férias II

Boletim das férias II

Este está sendo, sem sombra de dúvidas, o melhor verão que presenciei desde minha mudança para cá em 2006. Nunca houve tantos dias quentes e ensolarados seguidos. Estamos, claro, nos sentindo sortudos por não termos viajado para o exterior desta vez.

Infelizmente o Brasil não passou da Alemanha, que se consagrou campeã do mundo pela quarta vez. Não sofri nenhum tipo de gozação por parte dos noruegueses. Eles mostraram solidariedade pela derrota e perguntaram até se eu estava bem. Muito civilizado da parte deles.

Desde que voltamos do Brasil em dezembro, estamos sem carro. Como moramos no centro da cidade, perto de praticamente tudo, decidimos esperar para comprar um carro até agora. Já escolhemos o modelo que queremos e esperamos que em breve estejamos motorizados novamente. Dentro de uma semana meu marido terá três semanas de férias e pretendemos passear de carro pela Noruega. Prometo fotos caso o passeio se concretize.

Aproveitando o tema, quero contar um pouco sobre o sistema de ônibus aqui de Trondheim. Não lembro se escrevi isso em outra postagem, mas vou escrever mesmo assim.

1. Você sabe mais ou menos com exatidão quando o ônibus vai passar. As tabelas de horários estão disponíveis para os usuários no ponto do ônibus, em pequenos livrinhos que são distribuídos nos ônibus, na internet e em apps. Este é um exemplo de uma tabela de horário:

Podemos ver os horários em que o ônibus parte do ponto final, além do horário estimado para a parada em cada ponto. Em dias úteis, sábados e domingos.

Como nem sempre o ônibus passa exatamente no horário impresso na tabela, há monitores na maioria dos pontos que são atualizados minuto a minuto e mostram dentro de quantos minutos ele vai passar:

Dentro dos ônibus também há monitores que exibem os três pontos seguintes a cada parada e cada ponto é anunciado por autofalantes em uma gravação. Na foto podemos ver o monitor na parte superior:

2. O pagamento da passagem parece muito com o sistema de São Paulo. Podemos pagar com dinheiro ao motorista (não existe cobrador), com cartão de transporte devidamente carregado com créditos ou pela internet ou por máquinas espalhadas pela cidade e pelo aplicativo Mobillett. Eu estou usando o aplicativo agora que estou de férias. Quando estou trabalhando eu costumo carregar créditos por período, geralmente por um mês, o que me dá direito de andar de ônibus, bonde e barco sem limites por Trondheim e municípios adjacentes. Temos que colocar créditos na nossa conta do aplicativo e podemos comprar a passagem pelo celular, que mostramos ao motorista ao subir à bordo. Geralmente podemos reutilizar a passagem dentro de até 1 hora e meia. Aqui uma foto do aplicativo:

Como podemos ver, a passagem custa 22,50 coroas norueguesas, o que equivale aproximadamente a 7 reais. Compensa usar o aplicativo ou cartão de recarga, por que a passagem paga com dinheiro ao motorista custa 50 coroas, algo equivalente a cerca de 17 reais!

Eu estou muito satisfeita com o sistema de transporte de Trondheim. Claro que nem sempre ele funciona como deveria, mas de um modo geral ele é muito eficiente.